PARTE IV - YESHUA, O FARISAÍSMO E O JUDAÍSMO RABÍNICO

21/08/2013 11:11

PARTE IV

YESHUA, O FARISAÍSMO E O JUDAÍSMO RABÍNICO

 

POR TSADOK BEN DERECH

 

Existem vários paralelos entre as instruções de Yeshua e o farisaísmo, bem como com o sucessor deste, o Judaísmo rabínico.

Importa registrar que o Judaísmo rabínico e as lições de seus Mestres são posteriores a Yeshua, porém, derivam diretamente do Judaísmo farisaico e de suas tradições, o que permite mapear o pensamento dos fariseus contemporâneos de Yeshua.

Analise a tabela abaixo:

 

FARISAÍSMO

E

JUDAÍSMO RABÍNICO

 

 

YESHUA

“Se o mundo inteiro estivesse reunido para destruir o yud, que é menor letra da Torá, eles não seriam bem sucedidos.” (Vayikrá Rabá 19).

 

“Nenhuma letra da Torá jamais será abolida.” (Shemot Rabá 6.1).

 

“Não pensem que vim abolir a Torá ou os Profetas. Não vim abolir, mas cumprir. Sim, é verdade! Digo a vocês: até que os céus e a terra passem, nem mesmo um yud ou um traço da Torá passará – não até que todas as coisas que precisam acontecer tenham ocorrido.” (Matityahu/Mateus 5:17-18).

“Todo [aquele] que perdoa as suas retaliações tem perdoados todos os seus pecados.” (Derech Eretz Zutá 8).

“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós.” (Matityahu/Mateus 6:14).

Disse Hilel: “Sejam discípulos de Aharon, amando a paz e perseguindo a paz, amando as pessoas e as trazendo para perto da Torá.” (m.Avot 1:12).

“Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Elohim.” (Matityahu/Mateus 5:9).

 

“Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.” (Yochanan/João 13:34)

“Na medida em que um homem mede lhe medirão.” (Sanhedrin 2b).

“Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós.” (Matityahu/Mateus 7:2).

“Se alguém busca te fazer o mal, farás bem em orar por ele.” (Testamento de Yossef XVIII.2).

“Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos... e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem...” (Matityahu/Mateus 5:44).

“... não é o estudo o principal, mas sim a prática...” (Avot 1:17).

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.” (Matityahu/Mateus 7:21).

“Eles falam: ‘Remova o cisco do seu olho?’ Ele retrucará: ‘Remova a trave do seu próprio olho’.” (Talmud, Bava Batra 15b).

“Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?” (Matityahu/Mateus 7:3).

“Vistes dentre teus dias animais e aves que possuem criadores e eis que se alimentam estes seres e não vivem em sofrimento... (...)

E eu, que fui criado para me utilizar da criação, não terei minhas necessidades, pois, saciadas e não serei livrado de aflições”? (Talmud Bavli, Kidushin 82a).

“Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?” (Matityahu/Mateus 6:26).

“... o shabat [sábado] foi entregue em suas mãos, e não você nas mãos dele.” (Talmud Bavli, Yoma 85b).

“O Shabat foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do Shabat.” (Yochanan Marcus/Marcos 2:27).

“Um homem que tem boas obras e ensina muito a Torá, a quem ele se assemelha? Ao homem que constrói pedras em baixo e depois tijolos; e, vindo muitas águas e indo de encontro a elas, não as mudam de lugar. E um homem que não tem boas obras e estuda a Torá, a quem ele se assemelha? A um homem que construiu inicialmente com tijolos e depois colocou as pedras; e, vindo então muitas águas correntes, de repente as despedaça.” (Avot de Rabi Natan, 24).

“Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;

E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.

E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;

E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.” (Matityahu/Mateus 7:24-27).

“Pode-se suspender a lei do shabat [sábado] para salvar a vida humana.” (Yoma 85a).

“E perguntou-lhes: ‘É lícito no shabat fazer bem, ou fazer mal? Salvar a vida, ou matar?’ E eles calaram-se.” (Yochanan Marcus/ Marcos 3:4)

 

“Todo aquele que humilha a si próprio, por causa das palavras da Torá neste mundo, será engrandecido no mundo vindouro; e todo aquele que se coloca como um servo, por causa das palavras da Torá neste mundo, será feito livre no mundo vindouro.” (Talmud Bavli, Bava Metsia, 85b).

“Porque o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.” (Matityahu/Mateus 23:12).

“Aquele que é misericordioso para com os outros receberá misericórdia do Céu.” (Talmud, Shabat 15b).

“Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.” (Matityahu/Mateus 5:7).

“Todo aquele que olhar para o menor dedo de uma mulher, é como se olhasse para a vergonha dela.” (Talmud Bavli, Shabat, 64b).

“Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.” (Matityahu/Mateus 5:28)

 

 

Quando certos incautos percebem as semelhanças acima apontadas, chegam a dizer que “Yeshua copiou as lições dos rabinos”. Não! Yeshua viveu antes da maioria dos rabinos do Talmud, e esta obra somente foi escrita por completo séculos depois dos Ketuvim Netsarim (Escritos Nazarenos/“Novo Testamento”). Em resultado, a equação estaria invertida: os rabinos copiaram os ensinos de Yeshua. A bem da verdade, não cremos que houve plágio das aulas de Yeshua.

Os paralelos expostos sugerem que há uma fonte comum entre o magistério do Mashiach e do Judaísmo farisaico/rabínico, aniquilando o mito cristão de que Yeshua praticou e fundou uma religião distinta da judaica. É impossível estudar e entender as aulas de Yeshua sem levar em conta os pressupostos históricos, religiosos e sociais subjacentes, todos encetando para Yeshua HaMashiach como um Mestre do Judaísmo do período do Segundo Templo.

Em suma, tanto Yeshua quanto os rabinos pertenceram à religião judaica e, por conseguinte, é natural que existam certas afinidades nos ensinos.

 

Continua...

 

 

Contato

TSADOK BEN DERECH judaismonazareno@gmail.com