O jugo suave de Yeshua

20/08/2013 23:04

O JUGO SUAVE DE YESHUA

Por Tsadok Ben Derech

 

Disse Yeshua que possui um jugo suave para nossas almas:

“Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas.

Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.”

(Matitiayu/Mateus 11:29-30).

 

Que jugo é este do qual Yeshua está falando? Qual é o jugo que concede descanso para nossas almas?

Como nobres bereanos, devemos buscar no Tanach (Primeiras Escrituras) algum texto que se relacione com as palavras do Mashiach. Após esta pesquisa, constata-se que Yeshua usou exatamente a mesma cláusula que o profeta Yirmeyahu (Jeremias): “e encontrareis descanso para as vossas almas” (Mt 11:29 e Jr 6:16). Então, vamos ler todo o contexto de Yirmeyahu (Jeremias) para descobrirmos qual é o tema de sua mensagem:

 “Assim diz YHWH: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas; mas eles dizem: Não andaremos nele.

(...)

Ouve tu, ó terra! Eis que eu trarei mal sobre este povo, o próprio fruto dos seus pensamentos; porque não estão atentos às minhas palavras, e rejeitam a minha Torá [Lei].” (Yirmeyahu/Jeremias 6:16 e19).

“Quando eu já há muito quebrava o teu jugo, e rompia as tuas ataduras, dizias tu: Nunca mais transgredirei [a Torá]; contudo em todo o outeiro alto e debaixo de toda a árvore verde te andas encurvando e prostituindo-te.”

(Yirmeyahu/Jeremias 2:20).

 

Na passagem citada, constata-se que o povo do ETERNO abandonou sua Torá e, por esta razão, seria punido caso não se arrependesse. Disse YHWH que o povo deveria retornar para o caminho antigo e que este caminho concederia “descanso para as vossas almas”. Porém, Israel não trilhou as veredas antigas porque rejeitou a Torá. Infere-se daí que o caminho antigo é a Torá, que concede descanso para as almas. 

Yirmeyahu (Jeremias), nas Escrituras referidas, fez uma paralelismo de ideias, algo muito comum nos escritos semitas. Quem anda pelo bom caminho, que é a Torá (Sl 119:1), encontrará descanso em sua alma (jugo leve). Em contrapartida, aqueles que desobedecem à Torá do ETERNO suportam um jugo pesado.

Então, quando o Mashiach reproduziu parte do texto de Yirmeyahu (Mt 11:29 e Jr 6:16), estava dizendo que seu jugo é suave, e o jugo suave de Yeshua é a Torá!

Dizendo de outro modo: Yeshua ensinou a obediência à Torá (Mt 5: 17-19), ou seja, o jugo leve que concede descanso à alma dos obedientes (Mt 11:29-30). 

A Torá é considerada um jugo leve, porquanto seu cumprimento gera deleite e prazer:

“Mostra-me piedade, e viverei, pois tua Torá é meu deleite.”

(Tehilim/Salmos 119:77).

 

Eu me deleitarei em teus mandamentos, os quais eu tenho amado.

Levantarei minhas mãos para teus mandamentos, que eu amo, e meditarei em tuas leis.”

(Tehilim/Salmos 119:47-48).

 

A Torá que decretaste significa mais para mim que uma fortuna em ouro e prata.”

(Tehilim/Salmos 119:72). 

 

Logo, aqueles que vivem longe da Torá carregam um jugo pesado; e os que obedecem à Torá, tal como ensinada por Yeshua, recebem descanso na alma por meio de um leve jugo.

 

 

Contato

TSADOK BEN DERECH judaismonazareno@gmail.com